Amor de perdição

Amor de perdição

Avalie:
Exemplo da língua literária de sua época e marco do ultrarromantismo português – corrente literária da segunda metade do século XIX que leva ao extremo os ideais românticos, Amor de Perdição foi muito bem recebido pelo público. Considerada uma espécie de Romeu e Julieta português, nessa novela passional, Camilo Castelo Branco levou às ultimas consequências a ideia de que o amor deve sobrepor-se à razão e até mesmo à vida. Esta obra trata do amor impossível e debate a oposição entre a emoção e os limites que a sociedade impõe para a sua realização. Sem alcançar a consumação da paixão, o herói romântico só pode ter um destino trágico. Assim como o mesmo amor redime, mata, o narrador-autor já antecipa na introdução do livro a vida de seu herói romântico: Amou, perdeu-se e morreu amando.
Produto Indisponível Avise-me

Ficha técnica

  • Dimensões: 19cm x 14cm
  • Edição: 1
  • Coleção: Clássicos da literatura
  • Autor: Camilo Castelo Branco
  • Marca: Ciranda Cultural
  • Idioma: Português
  • ISBN: 9788538003526
  • Número de páginas: 128
  • Peso: 93 gramas
  • Encadernação: Brochura